em Artigos, Gestão

Todos nós somos gestores, mais que não seja das nossas próprias vidas. Desde pequenos, vamos aprendendo a planear o nosso futuro, a decompor esse plano em pequenos passos, a dedicar-lhe recursos, a tomar decisões com base em informação imperfeita e a adiar recompensas imediatas por troca de recompensas futuras.

 

Aqueles mais capazes nestas tarefas são quase sempre os que mais vezes conseguem atingir os seus objetivos porque são aqueles que conseguem tomar decisões diárias que os colocam um pouco mais perto desse objetivo e controlar os impulsos do dia a dia.

 

Nas empresas não é muito diferente. Uma empresa sem objetivos claros e um plano que trace o caminho, até poderá ter algum sucesso decorrente de outros fatores, como a qualidade do produto ou serviço, vantagens competitivas, capacidade comercial, mas dificilmente tirará o máximo proveito do seu potencial e ficará muito mais vulnerável às circunstâncias dos ciclos económicos, aos concorrentes ou a alterações do mercado.

 

Seguem-se 3 razões por que as boas práticas de gestão são fundamentais para o crescimento sustentado da sua empresa.

 

  • É fundamental para se atingir os Objetivos

Um dos motivos pelos quais as boas praticas de gestão são fundamentais para atingir os objetivos é que só trançando um plano bem delineado, que defina as várias iniciativas de curto e longo prazo, é possível percorrer o caminho necessário para chegar ao destino que se pretende.

 

  • Permite aumentar a rentabilidade dos recursos disponíveis

Boas práticas de gestão melhoram o nível organizacional das empresas e a afetação dos recursos, sejam eles humanos, financeiros ou produtivos. A partir das linhas orientadoras definidas pela gestão, é possível maximizar a produtividade dos quadros das empresas, assim como tomar decisões que potenciam o crescimento económico no curto e longo prazo.

 

  • É um motor de ação e progresso

A ação, o progresso e a modernização indispensável para que as empresas se mantenham competitivas, não depende apenas das boas ideias. A maior dificuldade está quase sempre na implementação, na passagem à prática. Quem conhece organizações, sejam elas pequenas ou de grande dimensão, com ou sem fins lucrativos, sabe o quanto é difícil operar a mudança e como as alterações são quase sempre recebidas com muito ceticismo e desconforto.

 

Boas práticas de gestão melhoram a capacidade de comunicação das empresas e criam modelos de monitorização que são fundamentais para se conseguir colocar em prática alterações que dependam de várias pessoas.

 

Não é difícil deixarmo-nos levar pelas circunstâncias do dia e ir tomando decisões ao sabor da intuição. À medida que vamos ficando focados em alguns temas, tendemos a descurar todas as decisões que naquele momento não nos parecem urgentes. Por esse motivo, os gestores devem contar com uma equipa profissional e competente, capaz de colocar em prática os objetivos por si definidos e garantir que toda a organização está focada nas orientações por si estabelecidas, independentemente das prioridades do dia a dia.

 

Mais informação

Contacte-nos ou envie-nos as suas questões.

Outras Publicações

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar