em Artigos

Gerir a sua empresa não tem necessariamente de ser uma tarefa complicada e desgastante.

Fazer mais > Fazer mais depressa > Negócio em ascensão. Esta deverá ser a trilogia de sonho de todas as PME´s. No entanto, requer muita organização e experiência.

Para evitar perdas de tempo e de dinheiro, a primeira palavra do seu dicionário deverá ser “Planeamento”. Defendemos que o planeamento de um negócio é uma prática essencial, uma vez que perspetiva o funcionamento da empresa, passo a passo e o caminho que ela deverá percorrer, antecipando dificuldades e perguntas fundamentais. Por sua vez, a execução vai direta ao campo operacional, onde tudo o que foi planeado é colocado em prática.

É aqui que o Controlo e a Análise entram como elementos chave do processo de decisão de gestão. Vejamos, ao controlar o desempenho do seu negócio, receberá alertas sobre áreas e elementos críticos que estarão associados aos processos.

Por conseguinte, ao Planear e Controlar o desempenho do seu negócio, conseguirá, entre outras coisas, avaliar e prevenir antecipadamente as situações críticas da sua atividade corrente, bem como, fazer uma Análise comparativa com a concorrência e o seu setor de atividade. O Planeamento permite ainda impor nas organizações uma maior exigência na recolha, tratamento e validação da informação, quer ao nível de prazos e qualidade, quer ao nível das fontes de informação externa (p.e contabilidade) e interna (os vários departamentos).

Se conseguir realizar um Planeamento e Controlo rigoroso da gestão da Sua empresa, não tardará a ver resultados no dia-a-dia do seu negócio. Entre as várias mudanças, destacamos as seguintes:

• Clarificar a estratégia de crescimento
• Decisões baseadas em boas práticas de gestão
• Medição do impacto da estratégia na gestão do negócio
• Melhoria dos processos organizativos

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar