em Artigos

O ano começou com boas notícias para as micro e pequenas empresas que viram a proposta do PCP e do PEV aprovada em Parlamento.

Neste sentido, a nova regra vai permitir que as micro e pequenas empresas façam um acerto de contas com o Estado sempre que tenham impostos a pagar e reembolsos a receber.

Na prática, esta medida cria condições para que as empresas que acumulem as obrigações do pagamento de impostos e do pagamento por conta com o valor dos impostos a receber, como o IVA e o IRC, acertem as contas de imediato com Estado, pagando apenas o remanescente.

Entre os vários motivos apontados para a implementação desta medida destacam-se os constrangimentos e as dificuldades sentidas pelas empresas devido ao enquadramento fiscal e burocrático, bem como os sucessivos atrasos por parte do Estado na devolução dos acertos.

A Gestão de uma empresa não pode viver sem informação contabilística rigorosa e atempada. Para isso é necessário, responder ao cumprimento das obrigações legais. Acreditamos que as empresas detentoras de um serviço de apoio à gestão, são empresas mais bem informadas e com um controlo do negócio muito superior.

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar