em Artigos, Financiamento

A Linha de Apoio ao Turismo lançada em Janeiro com o objetivo de reforçar o fundo de maneio das empresas e permitir novos investimentos no setor, viu a sua dotação aumentada em 150 milhões de euros.

 

Esta medida foi tomada com base nas respostas que têm surgido desde o seu comunicado, já existindo uma taxa de compromisso de 70% que representa aproximadamente 103 milhões de euros.

 

Apesar de não existir ainda uma data prevista para o reforço, o ministro garante que o objetivo é que chegue o mais rapidamente possível às empresas, indo ao encontro do pedido da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP), por forma a garantir a liquidez das empresas.

 

Segundo António Costa da Silva, ministro da Economia e do Mar, o “setor do turismo é absolutamente crucial para a nossa economia, é transformador, está a recuperar e esperemos que essa trajetória se consolide no futuro”.

 

Mais informação

Estamos disponíveis para esclarecer as suas dúvidas.

Outras Publicações

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar