em Artigos

Para reforçar as linhas de financiamento já existentes, a Banca irá disponibilizar linhas complementares no valor de 3 mil milhões de euros, dirigidas aos setores que estão neste momento a ser mais afetados pela crise.

Para já, sabe-se que o período de carência será até ao final deste ano e os créditos poderão ser pagos ao longo de quatro anos, até final de 2024.

Esta nova medida destina-se aos seguintes setores:

Setores da Restauração e Similares > 600 milhões de euros, dos quais 270 milhões destinam-se a micro e pequenas e médias empresas (PME).

 

Setor do Turismo (empresas nas áreas de agências de viagens, animação e organizações de eventos) > 200 milhões de euros, dos quais 75 milhões destinam-se a micro e pequenas e médias empresas (PME).

 

Setor do Turismo (empresas como empreendimentos turísticos e alojamentos) > 900 milhões de euros, dos quais 300 milhões de euros destinam-se a micro e pequenas e médias empresas (PME).

 

Setor da Indústria (têxtil, vestuário, calçado, indústrias extrativas e madeira) > 1.300 milhões de euros, dos quais 400 milhões destinam-se a micro e pequenas e médias empresas (PME).

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar