em Artigos

O Governo decidiu lançar um novo apoio a fundo perdido, sob a forma de subsídios,  para pagamento das rendas não habitacionais no próximo ano. Medida pretende ser mais um apoio para as empresas.

Beneficiários

  • Micro,PME e Grandes Empresas (volume de negócios inferiro a 50M€) dos setores mais afetados pela pandemia da Covid-19

Tipo de Apoio

  • Apoios serão escalonados de acordo com o valor da quebra de faturação
    •  Exemplo: Empresas com quebras de faturação entre 25% a 40%
    • Apoio corresponde a 30% da renda, até um limite máximo de 1.200€ por mês.
    • Apoio total até 7.200€ por estabelecimento
    • Exemplo: Empresas com quebras de faturação superiores a 40%
    • Apoio corresponde a 50% da renda, até um limite máximo de 2 mil € por mês
    • Apoio total até 12 mil € por estabelecimento
  • Apoio a fundo perdido para seis rendas mensais

Apresentação de Candidatura

  • Processo de candidatura inicia a 4 de fevereiro de 2021

Pagamentos

  • Inicío de pagamentos na segunda quinzena de fevereiro de 2021
  • O pagamento será feito em duas tranches ao longo do primeiro semestre de 2021: uma no primeiro trimestre, outra no segundo.

 

Mais informação

Contacte-nos ou envie-nos as suas questões para ewp@ewp-portugal.com

Outras Publicações
Mostrando 2 comentários
  • Paula
    Responder

    Olá,
    Os trabalhadores independente também tem direito ao apoio da rende?

    • Carolina Nunes

      Olá Paula.

      O Apoio ao Pagamento de Rendas abrange empresários em nome individual, PME e Grandes Empresas (até 50 M€ de volume de negócios).

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar