em Artigos

Os automóveis ligeiros de mercadorias, de caixa aberta, sem caixa ou de caixa fechada sem cabina integrada na carroçaria, com peso de 3.500 kg e sem tração integral, vão perder a totalidade da isenção do Imposto Sobre Veículos (ISV).

 

Para o Governo esta nova alteração prende-se com o facto de este benefício fiscal ser injustificado e contraditório aos princípios ambientais que o sustentam, uma vez que o cálculo do ISV penaliza os veículos mais poluentes.

 

De acordo com a Associação do Comércio Automóvel de Portugal, este tipo de veículos representa 11% do total de vendas das carrinhas comerciais no nosso país.

 

A medida entra em vigor a 1 de julho.

 

Mais informação

Estamos disponíveis para conversar consigo e ajudar a sua empresa.

Outras Publicações

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar